Tênis Para Trilha: O Guia Completo da Espaço Tênis!

A trilha é um esporte incrível e cheio de desafio interessantes. Também conhecida como trail running (corrida fora da pista), essa prática exige dedicação, persistência e equipamentos adequados. O tênis para trilha é um desses equipamentos e deve ser escolhido com muito cuidado, considerando que o terreno de uma trilha não é nada receptível.

A Espaço Tênis quer te ajudar a escolher o tênis certo para sua trilha, continue a leitura e confira diversas informações que irão garantir uma escolha mais assertiva!

Tênis para trilha e tênis comum: entenda a diferença

Diferente dos calçados produzidos para uso dentro da cidade, os tênis para trilha possuem estruturas reforçadas e até mesmo tecnologias especiais que garantem o máximo de conforto e proteção.

As diferenças podem ser encontradas tanto no solado do calçado, quanto em suas partes superiores. A sola de um tênis para trilha precisa ser reforçada e de alta qualidade para enfrentar pedras, galhos, pedregulhos e outros objetos que podem machucar o pé.

Sua estrutura superior segue a mesma ideia, o cabedal por exemplo, é a parte responsável pela proteção da parte de cima do pé. Os modelos para trilha podem até mesmo ser impermeáveis, o que evita água dentro do tênis e, consequentemente, frieiras indesejadas.

Os tênis para cidade não precisam de tanto reforço devido a pavimentação disponível nesses lugares. As superfícies na cidade também são mais regulares, o que permite o uso de solas leves mais focadas no design.

Como escolher o melhor tênis para trilha

Na hora de adquirir o tênis para trilha é preciso observar se o calçado em questão oferece proteção e conforto para os pés. Veja as dicas que a Espaço Tênis preparou para te ajudar nessa escolha:

Analise a estrutura do tênis

Já deu pra perceber que a estrutura do tênis para trilha é realmente importante não é mesmo? Mas não é só a sola e a entressola que precisam de atenção. Procure um tênis que fique bem fixo no seu pé sem gerar desconforto.

Para realizar trilhas é preciso estar com um tênis que não fique escapando, isso deixaria o percurso mais difícil e ainda poderia comprometer a integridade do pé. Por isso, observe também a amarração do tênis e a parte do calcanhar para ter certeza de estar levando o modelo ideal.

Vale reforçar também que um tênis que está apertando o pé não deve ser utilizado, eles podem comprometer a pisada e gerar danos prolongados. Existem algumas técnicas para aumentar o tamanho do tênis que podem ser usadas nesse caso, confira nosso post sobre o assunto e entenda melhor.

Atente-se ao seu tipo de pisada

Pois é, as pessoas realmente possuem diferenças em todas as áreas da vida, a forma de pisar não é uma exceção. Os tipos mais comuns de pisadas são pronada, supinada e neutra, veja:

  • Pronada: o pé se apoia mais para o lado interno;
  • Supinada: o pé se apoia mais para o lado externo;
  • Neutra: a pisada segue uma linha reta pelo meio do pé.

A maneira mais indicada para descobrir a sua é consultando um ortopedista. Mas calma, você não vai precisar cancelar sua trilha no final de semana! A maioria dos modelos de tênis atuais oferecem uma estrutura mista que se adequa aos três tipos de pisada, prefira esses modelos na hora da compra.

Saiba quais obstáculos vai enfrentar

Quando for escolher seu tênis para trilha, tenha em mente os obstáculos que serão encontrados no caminho. Alguns tênis possuem características especificas para garantir o máximo de desempenho sob certas condições.

Esse é o caso de tênis com cravos altos, que são utilizados em locais com lama e água. O cravo na sola do tênis permite uma passada mais rápida e segura por esses terrenos, o que é ideal para competições em trilhas.

Trilha e trekking são a mesma coisa?

O trekking é uma caminhada mais longa pela natureza, normalmente os praticantes desse esporte passam a noite realizando o trajeto e podem montar acampamentos para descansar.

Uma característica que diferencia o trekking da trilha é que o primeiro geralmente não acaba no mesmo ponto em que começa. Ele é mais extenso e por isso exige um pouco mais de experiência. Os calçados utilizados nas duas modalidades são muito parecidos e também precisam garantir conforto e estabilidade na pisada.

Quando devo usar uma bota na trilha?

A principal diferença entre o tênis e a bota para trilha está na flexibilidade, ambos os calçados oferecem conforto para os pés e podem ser usados em trilhas. Mas existem algumas situações específicas para cada um!

A bota é mais indicada para um percurso em que será preciso subir montanhas e locais difíceis, principalmente se você carrega uma mochila pesada. Esse tipo de calçado restringe os movimentos dos pés, o que pode evitar lesões.

Se a sua trilha for mais leve e curta o indicado é usar um tênis, ele possibilita movimentos mais fluídos e facilitam pequenas travessias. Novamente é preciso analisar o trajeto para fazer a escolha correta.

Afinal, por que é tão importante escolher o tênis certo?

A escolha do tênis certo para fazer trilha não está ligada somente ao desempenho, mas também à saúde do usuário. Opte sempre pela sua segurança e conforto ao escolher um tênis para trilha.

Utilizar um calçado inadequado pode influenciar a postura de todo o corpo e gerar diversos problemas de saúde. Quando falamos em trilha é preciso tomar ainda mais cuidado, já que os percursos feitos nesse esporte possuem diversos obstáculos perigosos.

Mas fique tranquilo, ao escolher o tênis certo para sua trilha você proporciona mais segurança e conforto para os seus pés. Siga as dicas da Espaço Tênis e encontre o modelo certo!

Ah, pra ser confortável e seguro não precisa ser sem graça. Existem diversos modelos de tênis estilosos e adequado para trilha no mercado, que auxiliam o usuário no trajeto e ainda completam o estilo.

A Espaço Tênis separou 5 modelos de tênis para trilha que irão proporcionar muito conforto e te ajudar a completar sua trilha de forma prática e segura, um deles com certeza faz o seu estilo!

Continue acompanhando nosso blog para receber mais dicas e informações sobre o mundo dos calçados, Obrigado e até o próximo post!

Deixe um comentário